quinta-feira, 26 de maio de 2011

E o deficiente auditivo? Sabe o que é a ABNT e as normas que produz?

olá para todos.
Conversei com o Rodrigo Canosa da ABNT e solicitei que ele me mande os dados para cadastramento para consulta pública e convite para participação em discussões.
Espliquei que os deficientes não sabiam do projeto de norma para piso tátil.
Também me abriu um caminho para reclamações com relação a comunicação da ABNT.
Ele já me enviou, amanhã eu envio para todos pois preciso verificar e estou quase dormindo no computador.
Também amanhã responderei a todas as colocações.
Um grande abraço.
PAZ E LUZ.
Renato Barbato



Renato e demais participantes desta lista
 
Vou aqui considerar todas as manifestações em relação às normas ABNT
 
Gostaria de esclarecer que a participação na elaboração de normas técnicas é voluntária e aberta a TODOS  os interessados.
Quando foi criada a Comissão de Estudo de Comunicação, tivemos a oportunidade de elaborar normas técnicas de interesse dos participantes. Assim, foram elaboradas normas para acessibilidade na TV, acessibilidade em caixas de auto-atendimento bancário, acessibilidade na comunicação para prestação de serviços, todas já vigentes. Concluimos  a norma de piso tátil em outubro/2010. Neste momento estão em elaboração normas para mapa tátil e audio-descrição. Quero ressaltar ainda que na coordenação dos grupos de trabalho para elaboração das normas sempre foi reforçado o apoio aos coordenadores. Tanto o Paulo Romeu foi com o Sidney está sendo brilhante na condução dos assuntos. Isso para deixar claro que não são as entidades que coordenam as normas. Priorizamos a participação e o papel de coordenação aos maiores interessados: vocês. Outras normas estão em fase de elaboração em outros grupos registram a mesma experiência de baixa adesão (exemplo: na comissão de edificação estão em fase de elaboração a norma para estádio e arevisão da NBR9050; a comissão de transporte e a comissão de inclusão digital também têm textos em fase de elaboração ou revisão constantemente)
 
Também quero destacar que as entidades não falaram e não falam em nome de ninguém; porém, expressam sua posição em relação aos temas apresentados. Fizemos questão da participação de professores de orientação e mobilidade, não apenas de um representante da instituição. Porém a participação de pessoas com deficiência - seja visual, auditiva ou física - tem sido muito baixa, em todas as comissões, não somente de comunicação.
 
O texto já encaminhado à ABNT referente à norma de piso tátil será apresentado no próximo sábado.  Entendo que a reunião a ser realizada no dia 28 é para esclarecer eventuais dúvidas quanto à compreensão do texto base,  descrever as figuras e, se necessário, esclarecer conceitos que foram adotados. O texto já seguiu para a ABNT, conforme foi aprovado na plenária de outubro. Se for detectada a necessidade de alterações - não importa o volume, não importa qual alteração - estas deverão ser apresentadas na consulta pública, cuja finalidade é esta mesmo: consultar muitas pessoas, independente de sua participação na elaboração dos textos-base.
NA CONSULTA PÚBLICA TODAS AS CONTRIBUIÇÕES SÃO ANALISADAS E, SE PROCEDENTES, GERAM MODIFICAÇÕES NO TEXTO.
Portanto, após a reunião, os participantes terão tempo para estudar o texto e refletir sobre suas experiências, formalizar necessidades e, principalmente, sugestão de alteração (como deveria ser escrito o texto ou desenhada a figura para que de fato reflita o conceito pretendido). Na consulta pública todos têm direito a voto e todos os votos tem o mesmo valor. A única que não pode votar sou eu.
 
Atenciosamente
Beatriz

Nenhum comentário: