quinta-feira, 26 de maio de 2011

fórum de debates a respeito dos temas ligados a acessibilidade.

Olá  a todos os debatentes.
Vou colocar novamente a minha posição para que criemos um fórum de debates a respeito dos temas ligados a acessibilidade.
Já que estamos nos mobilizando a partir do debate da norma do piso tátil, podemos fazer isso em todos os aspectos.
Explico:
Como vocês já devem ter lido em outro e-mail a ABNT está disposta a nos cadastrar.
Com isso poderemos estar presentes em todas as discussões de normas de acessibilidade.
Como certamente nem todos poderão ir em todas as reuniões, aqueles que forem passarão todas as informações para os demais.
Além do que haveria troca de experiências e informações que poderiam nos auxiliar a buscar a acessibilidade em passos largos.
Claro que também penso em termos videntes nas discussões, pois não é nos fechando em um ueto que iremos progredir e mostrar a toda a população que existimos e que somos capazes como qualquer outra pessoa.
De vez em quando comento com alguns colegas:
Eu estou com a defi~ciência, ou será que ela é que está comigo, e quem no planeta que não tem alguma deficiência?
Vejamos:
Um diabético é um deficiente porque o pâncreas dele não funciona ou não funciona direito.
No nosso caso é o olho que não funciona ou não funciona direito.
E olha que a nossa deficiência não mata enquanto a diabétis pode levar o seu portador a morte.
O mesmo serve para um cardíaco.
Então podemos abrir as discussões nesse fórum para todas as pessoas que queiram ajudar e até mesmo se divertir, afinal depois das reuniões uma boa conversa jogada fora não faz mal a ninguém.
Como á coloquei, posso tentar dois espaços, a sede do IAB/SP, que fica próximo a estação República do Metrô, o diretório do PPS que fica próximo a estação Barra Funda ou se alguém tiver outra sugestão que se manifeste para que possamos começar esse fórum o mais rápido possível.
E que fique bem claro, as discussões via internet prosseguirão somente teremos um ponto de encontro para podermos debater os temas com essa troca de experiência vivencial.
Um grande abraço.
PAZ E LUZ.
Renato Barbato

Nenhum comentário: